Frangos de Corte, Postura Comercial, Sanidade

Qual a importância da monitoria sanitária na avicultura?

Saber como anda a saúde do lote é de fundamental importância na tomada de decisão pelo uso ou substituição de medicamentos e vacinas. Por muito tempo, a observação dos sinais clínicos foi suficiente para ter insights sobre investigar a fundo a condição sanitária de um lote. Com as melhorias gerais do processo de criação, as enfermidades começaram a se apresentar menos evidentes à observação visual, ou seja, tornaram-se subclínicas. E com isso, o uso de ferramentas tornou-se essencial para diagnosticar e monitorar o status sanitário dos lotes.

Dentre as ferramentas disponíveis, há as de campo (necropsia e índices zootécnicos), que trazem uma condição geral do lote e podem direcionar a suspeitas clínicas, e as laboratoriais (histologia, ELISA, PCR, HI, isolamento), que podem levar ao diagnóstico definitivo. Faz parte do papel do médico-veterinário utilizar e combinar as ferramentas e indicadores disponíveis de acordo com o objetivo da investigação.

Os indicadores sanitários mais acessíveis e utilizados são os índices de desempenho zootécnico, que podem estar relacionados a questões sanitárias, visto que um lote enfermo tem maiores chances de apresentar menor ganho de peso, menor consumo de ração e aumento de mortalidade. Somado aos sinais clínicos do lote, a próxima etapa de investigação é por meio da necropsia, e a partir dos achados, decide-se pela coleta de amostra adequada para o exame laboratorial.

Tabela de porcentagem de frangos de corte por tipo de programa

Enquanto métodos não invasivos ainda não estão disponíveis para todas as enfermidades, a necropsia ainda faz parte da rotina das equipes de campo. De baixo custo e rápido resultado, a necropsia serve de apoio tanto no diagnóstico de doenças como na monitoria sanitária geral dos lotes. Quando utilizada como ferramenta de monitoria sanitária, o foco da necropsia deixa de ser o diagnóstico, e passam a ser levadas em consideração todas as alterações observadas e seu grau de intensidade.

Programas de monitoria sanitária são de fundamental importância para a avicultura. Eles permitem ter uma visão clara do status sanitários das aves, como esse status se comporta ao longo do tempo, se determinada região ou fator poderia estar causando maior impacto na saúde das aves, e ainda, pode ajudar a prevenir perdas de desempenho e econômicas.

Assim, um bom programa de monitoria deve incluir não apenas a necropsia, mas levar em consideração vários fatores como amostragem, estratificação, resultados laboratoriais e dados de desempenho, para que seja possível entender a relação entre as variáveis. Para matrizes pesadas e poedeiras, em que a necropsia se torna cara, os conceitos de monitoria também podem ser aplicados, levando em consideração as particularidades da criação.

Autor:

Antonio Kraieski – Médico-Veterinário | Msc. | Serviços técnicos – Aves