Brasil

E Coli, Food Safety, Frangos de Corte, Postura Comercial, Sanidade

A prevenção de Colibacilose através da vacinação

A grande diversidade de sorotipos e patotipos com características diferentes, assim como a identificação constante de amostras cada vez mais resistentes, exigem medidas preventivas ainda mais criteriosas e ferramentas inovadoras e específicas, visando o máximo de eficiência no controle dos agentes que favoreçam o desenvolvimento da Colibacilose. Nesse contexto, as vacinas vivas assumem um papel muito importante na prevenção dessa enfermidade.

E Coli, Food Safety, Frangos de Corte, Sanidade

Os impactos causados pela Colibacilose podem ser sentidos em toda a cadeia de produção

A Colibacilose é uma das principais responsáveis por prejuízos financeiros na avicultura moderna. Suas diferentes formas clínicas e sua relação direta com diversos agentes infecciosos, e não infecciosos, tornam o seu controle um desafio constante para os sanitaristas da agroindústria.

E Coli, Food Safety, Frangos de Corte, Postura Comercial, Sanidade

Entendendo o agente causador da Colibacilose

A Escherichia coli aviária possui alguns genes que são chamados de fatores de virulência: esses genes tornam as bactérias sujeitas a causarem doenças, com os tais agentes podendo transferir genes virulentos de uma bactéria para outra. Isso confere vida longa e alta resistência da Escherichia coli.

E Coli, Food Safety, Frangos de Corte, Postura Comercial

O ressurgimento do protagonismo da Colibacilose na avicultura

Quando se fala de Escherichia coli, lembra-se de uma bactéria oportunista que causa infecção somente depois de um patógeno primário abrir caminho. Porém, com o desenvolvimento da pesquisa e de métodos diagnósticos, foi possível observar que muitas cepas de Escherichia coli são capazes de causar doenças diretamente, sem outra doença primária.

Artigos Técnicos, Biossegurança, Food Safety, Frangos de Corte, Postura Comercial, Salmonella, Sanidade

Por que salmonella é problema mais crítico para aves industriais do que para aves caipiras?

A distinção de ambas as aves faz com que cada uma necessite de um desenvolvimento particular para que se veja livre de algumas doenças como a Salmonella. Por isso, os locais onde a ave industrial e a caipira estão situadas desempenham papel importante nesse processo.

Artigos Técnicos, Biossegurança, Food Safety, Frangos de Corte, Postura Comercial, Salmonella, Sanidade

O controle de todos sorovares é utópico?

Os sorovares de Salmonella são conhecidos por terem um comportamento peculiar e que faz exigir das empresas avícolas certa cautela quando necessário tomar medidas para que seu real controle seja executado.

Artigos Técnicos, Biossegurança, Food Safety, Frangos de Corte, Postura Comercial, Salmonella, Sanidade

Reutilização da cama ajuda na luta contra a Salmonella?

Vários métodos têm sido adotados para garantir a segurança na reutilização da cama entre lotes de frangos. O importante nesse tipo de caso é ter um procedimento válido e aí monitorar a correta execução.

Artigos Técnicos, Biossegurança, Food Safety, Frangos de Corte, Postura Comercial, Salmonella, Sanidade

Salmonella: O maior desafio para o Food Safety

A salmonelose pode oferecer grande impacto sobre a produção de alimentos, já que é causada por um dos microrganismos que mais atingem os seres humanos no mundo. São várias as características que fazem da Salmonella uma importante preocupação ao setor avícola.

Frangos de Corte, Gumboro, Postura Comercial, Sanidade

O que já fazemos há décadas para proteger nossas aves do “velho coronavírus das aves”?

Será que o conhecimento e a experiência de controle do “velho coronavírus” poderia nos ajudar a enfrentar essa pandemia de COVID-19 nos humanos? Embora sejam doenças causadas por vírus diferentes, os princípios básicos para prevenção das doenças são os mesmos.

Frangos de Corte, Gumboro, Postura Comercial, Sanidade

Qual o papel das vacinas no controle do “velho coronavírus aviário”?

A vacinação contra o VBI (Vírus da Bronquite Infecciosa) é uma prática consagrada dentro dos planos de controle da Bronquite Infecciosa das Galinhas (BIG). Questões como quais as principais características e as particularidades das vacinas, ou como elas são produzidas, mostram um pouco do papel das mesmas no controle dessa importante doença das aves.

Frangos de Corte, Postura Comercial, Sanidade

O que podemos aprender com o “velho coronavírus avícola”?

Considerada uma das doenças mais importantes na avicultura industrial, a Bronquite Infecciosa das Galinhas (BIG) representa um desafio aos produtores desde o seu surgimento, pois resulta em perdas econômicas advindas dos seus sinais clínicos, como os problemas respiratórios. O controle dessa doença para as aves se tornou, então, fundamental. Atualmente, esse vírus está presente, mas encontra-se controlado por conta de medidas preventivas e pela vacinação.

Frangos de Corte, Postura Comercial, Sanidade

Quais as principais diferenças e semelhanças entre o Coronavírus das aves e o causador da COVID-19 em humanos?

Felizmente, até o presente momento, não há nenhuma evidência de que a COVID-19 tenha relação com aves ou mesmo com produtos alimentares derivados das aves. A avicultura industrial já lida com a Bronquite Infecciosa das Galinhas (BIG), há décadas, com muito sucesso no seu controle. A BIG é causada por um Coronavírus específico de aves diferente do causador da COVID-19, e a vacinação das aves tem sido uma ferramenta muito eficaz no controle dessa doença.

Frangos de Corte, Gumboro, Postura Comercial, Sanidade

Vacinação contra Gumboro com foco no esfriamento dos galpões

As vacinas contra Gumboro de imunocomplexo possuem um benefício diferenciado. A imunidade promovida é induzida por um vírus vivo que ajuda com o efeito de “esfriamento dos galpões”.

Frangos de Corte, Gumboro, Postura Comercial, Sanidade

A importância das vacinas de imunocomplexo

O funcionamento de vacinas é muito importante na proteção do nosso organismo. No mundo das aves, não é diferente. A abordagem agora é sobre como esse mecanismo trabalha no momento certo e sinergicamente à proteção materna.

Frangos de Corte, Gumboro, Postura Comercial, Sanidade

Integridade do sistema imune e a doença de Gumboro

Para o combate de doenças como Gumboro, a integridade do Sistema Imune é fator chave. Só assim para defesa das aves contra diferentes agentes infecciosos.

Frangos de Corte, Gumboro, Postura Comercial, Sanidade

Saiba por que vacinar contra Gumboro é essencial

As aves dependem constantemente da integridade do sistema imune para se defender dos diversos agentes infecciosos presentes no sistema moderno de produção. Doenças imunossupressoras, como a de Gumboro, exercem impacto devastador nos resultados zootécnicos dos lotes de aves comerciais nesse ambiente.