Brasil

Biossegurança, SAÚDE INTESTINAL

A dependência da imunidade maternal para controlar o Reovírus

A imunidade maternal desempenha um papel fundamental contra as reviroses nas primeiras semanas de vida dos pintos.

Biossegurança, Postura Comercial, Sanidade, SAÚDE RESPIRATÓRIA

Saiba do que as vacinas de metapneumovírus precisam para garantir a segurança das aves

A grosso modo, todas as vacinas contra as doenças virais são produzidas a partir de um isolado de campo que passa por um processo de atenuação. Tanto a estirpe original quanto os processos de atenuação utilizados na fabricação da vacina vão determinar a característica do produto final. No caso das vacinas de metapneumovírus aviário, há grandes diferenças entre os produtos comerciais, como a origem da cepa semente (peru ou galinha), o subtipo (A ou B) e o título.

Biossegurança, Sanidade, SAÚDE RESPIRATÓRIA

Existe imunidade cruzada entre os diferentes subtipos de metapneumovírus aviários?

Os diversos estudos científicos relatam que há indução de imunidade cruzada pela estirpe do subtipo A do mPVA, em magnitude suficiente para conferir proteção contra manifestações clínico-patológicas da infecção pelo subtipo B do mPVA, em galinhas previamente imunizadas com a estirpe viva atenuada do subtipo A desse vírus.

Biossegurança, Postura Comercial, Sanidade, SAÚDE RESPIRATÓRIA

Quando cogitar a vacinação dos frangos de corte contra o metapneumovírus aviário?

Além de o isolamento desse vírus ser bem difícil e o agente ficar viável na ave apenas no início dos sinais clínicos, ele é pouco imunogênico e o título de anticorpos pode não ser elevado mesmo em áreas de desafio. Dessa forma, coletar amostras no mínimo após 3 semanas do desafio é importante, para não correr o risco de obter resultados falsos negativos. Quando se observa clínica com confirmação laboratorial, deve-se cogitar a introdução da vacinação.

Biossegurança, Sanidade, SAÚDE RESPIRATÓRIA

Qual a participação do metapneumovírus aviário nos plantéis de aves brasileiros?

O aparecimento de aves com cabeça inchada é um bom início para a suspeita da presença do mPVA. Os sinais clínicos e lesões não são patognomônicos para o diagnóstico do mPVA e a detecção do vírus pelo RT – PCR é difícil, pois o agente permanece pouco tempo no sistema respiratório superior. Muitas vezes, quando os sinais clínicos são percebidos, já não há mais a presença do vírus nos tecidos-alvo. Assim, a sorologia com os testes de ELISA tem sido a ferramenta de eleição para o diagnóstico. A partir daí, deve-se cogitar a introdução da vacinação.

Artigos Técnicos, Biossegurança, Food Safety, Frangos de Corte, Postura Comercial, Salmonella, Sanidade

Por que salmonella é problema mais crítico para aves industriais do que para aves caipiras?

A distinção de ambas as aves faz com que cada uma necessite de um desenvolvimento particular para que se veja livre de algumas doenças como a Salmonella. Por isso, os locais onde a ave industrial e a caipira estão situadas desempenham papel importante nesse processo.

Artigos Técnicos, Biossegurança, Food Safety, Frangos de Corte, Postura Comercial, Salmonella, Sanidade

O controle de todos sorovares é utópico?

Os sorovares de Salmonella são conhecidos por terem um comportamento peculiar e que faz exigir das empresas avícolas certa cautela quando necessário tomar medidas para que seu real controle seja executado.

Artigos Técnicos, Biossegurança, Food Safety, Frangos de Corte, Postura Comercial, Salmonella, Sanidade

Reutilização da cama ajuda na luta contra a Salmonella?

Vários métodos têm sido adotados para garantir a segurança na reutilização da cama entre lotes de frangos. O importante nesse tipo de caso é ter um procedimento válido e aí monitorar a correta execução.

Artigos Técnicos, Biossegurança, Food Safety, Frangos de Corte, Postura Comercial, Salmonella, Sanidade

Salmonella: O maior desafio para o Food Safety

A salmonelose pode oferecer grande impacto sobre a produção de alimentos, já que é causada por um dos microrganismos que mais atingem os seres humanos no mundo. São várias as características que fazem da Salmonella uma importante preocupação ao setor avícola.